quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

COMO FAZER ARROZ INTEGRAL

Olá pessoal!!!!

Como foram de Festas?

Por aqui tudo muito tranquilo com a graça de Deus.

Não farei nenhuma promessa ou listinha de desejos porque comigo não dá certo kkkkk   Resultado de imagem para rostinho engracado


Hoje resolvi começar na pegada do arroz integral porque já tentei fazer várias vezes e nunca consegui aquele tcham. Depois de ler essas dicas que irei compartilhar tudo ficou mais fácil e gostoso.

Vamos lá?
Beijos!!
EUZINHA.

Feliz 2016 para todos voces!!

bReceitas 2_9

Dica 1: Não refogar
Ao contrário do arroz branco, o arroz integral não deve ser refogado. Esse procedimento serve para selar os grãos. Ou seja, evitar que o amido saia e o arroz vire papa. Mas como o integral ainda possui a película protetora, isso não se faz necessário, ao contrário, faz com que ele não cozinhe nunca. Agora você pensou: “Ah, então é por isso?”. Hehehe… Eu sei, pois também pensei quando descobri.
Dica 2: O arroz por último
Fazer arroz integral, é muito simples: refoga a cebola e o alho normalmente e acrescenta a água com temperos (ervas e sal) e o o arroz só entra depois.
Dica 3: Deixar o arroz de molho
E por último e não menos importante, deixar o arroz integral de molho. Essa deveria ser a primeira dica, mas como exigia uma explicação maior, deixei por último. Deixar o arroz integral de molho é muito importante. Deixe de molho entre 6 a 8 horas antes de preparar. Mas, se se esquecer, qualquer horinha é melhor do que nada valendo.
Como assim deixar o arroz integral de molho? Por quê? No blog da querida Pat Feldman, ela explica detalhadamente porque deixar grãos e sementes de molho antes de consumi-los. Mas, resumidamente, nas palavras de Pat, claro seria pelos motivos abaixo:
“Deixar de molho permite que enzimas, lactobacilos e outras substâncias quebrem e neutralizem o ácido fítico. Um mínimo de 7 horas de molho em água morna e meio ácido (conseguido com soro de iogurte ou gotinhas de limão) é capaz de neutralizar uma grande parcela do ácido fítico contido nos grãos. A simples prática de deixar grãos de molho por um período antes de consumi-los irá aumentar enormemente seus benefícios nutricionais.
Deixar de olho em água morna também irá neutralizar inibidores enzimáticos, presentes em todas as sementes, e predispões a produção de numerosas enzimas benéficas. A ação dessas enzimas também aumenta as quantidades de vitaminas disponíveis, especialmente as vitaminas do complexo B”.
Fonte:http://www.falecomanutricionista.com.br/como-fazer-arroz-integral/